• Frete Grátis - Confira regra

    A Ikesaki oferece Frete Grátis

    nos produtos identificados

    com o selo promocional

  • BEAUTY EXPRESS ATÉ 24 HORAS

    Grande São Paulo - Até um dia útil

    Entrega Brasil - Veja os prazos

    no carrinho de compras.

  • Até 6x - Sem juros
Fechar
trabalho-de-profissional_banner-notinha03
Você faz tudo certinho: lixa, tira a cutícula, hidrata, esmalta… E, mesmo assim, sua esmaltação não dura uma semana? Ops… Será que faz tudo correto mesmo? Talvez não. Consultamos quem realmente entende do assunto quando se fala em mãos benfeitas para você descobrir onde está o erro. Saiba como ter unhas de salão em casa1. Lixar a superfície da unha
É comum querer lixar a parte de cima das unhas para tirar ondulações. Porém, esse procedimento pode deixá-las mais suscetíveis à entrada de fungos e de bactérias, como as terríveis micoses. Isso porque ao lixar a superfície você retira a proteção natural da região. O correto é usar lixas específicas para polimento, que são bem mais suaves.

2. Não higienizar os instrumentos
Uma das principais preocupações das manicures é com a higienização dos seus materiais. O procedimento de esterilização na autoclave, praticado nos salões de beleza, é de extrema importância para evitar a transmissão de vírus. “Em casa, coloque os instrumentos cortantes dentro de um pote plástico com água e detergente. Limpe bem com uma escovinha as lâminas e partes cortantes. Retire todos os resíduos de pele e sujeira. Após enxaguar, deixe-os de molho no álcool de 30 a 40 minutos”, ensina a manicure Katia Lima (SP).

3. Tirar a cutícula
Outra maneira de deixar as unhas suscetíveis à contaminação de bactérias, fungos e vírus é retirar completamente as cutículas. O indicado é empurrá-las com o auxílio de uma espátula e retirar o excesso de pele, superficialmente, com o alicate. Dessa maneira, você não corre riscos de contrair doenças, mantém a área limpa e não prejudica o acabamento da esmaltação. Há ainda produtos que prometem reduzir o crescimento de cutículas.

4. Não hidratar as mãos e unhas
O uso de esmaltes, acetonas, produtos de limpeza, entre outros, exige uma constante hidratação, tanto nas mãos quanto nas unhas. Use cremes à base de silicones e com fórmulas fortalecedoras. “Também é importante esfoliar essas regiões para remover as células mortas”, explica a profissional. Tudo isso vai garantir que elas permaneçam saudáveis e fortes.

5. Passar várias camadas de esmaltes
Você escolheu uma cor linda e de uma marca boa, mas mesmo assim seu esmalte lascou. O problema pode estar na quantidade de camadas do produto que você passa nas unhas, pois em excesso compromete a durabilidade, a secagem e ainda causa bolinhas. A forma correta é usar no máximo duas demãos.

6. Deixar de lado a base
Nada disso! Essa é uma etapa importante para manter as unhas saudáveis, já que os pigmentos dos esmaltes mancham essa região. Deve ser aplicada uma fina e uniforme camada de base antes da cor escolhida. Existem várias versões do produto – hidratante, seda, fortalecedora, além de outras. Escolha a melhor para você.

7. Usar acetona em excesso
A acetona pode se tornar uma verdadeira vilã se não usada com cautela. Ela apresenta componentes que ressecam as unhas. Prefira os removedores de esmaltes, que não são formulados com essa substância, ou seja, agridem menos e hidratam mais.